Ouvir rádio

Pausar rádio

Offline
goo
Com uso do conectagov.br, Governo economiza em consultas de diárias e passagens
01/07/2024 13:08 em Brasil

Em apenas uma semana de implantação de um novo banco de dados para o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP), o overno Federal já teve economia em consultas para solicitação de diárias oficiais. atual fonte de dados sobre o Cadastro de Pessoa Física (CPF) de servidores e colaboradores eventuais é a do conectagov.br, do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI)A estimativa é de que economia anual média seja de aproximadamente R$ 80 mil .

No período de um ano, de junho de 2023 ao final de maio de 2024, foram realizadas 696.997 requisições de informação, que somaram R$ 78.273,03 Essa consulta era feita ao Serpro. Agora, para acessar o banco de dados, SCDP passou a utilizar API CPF Light , que integra serviços públicos com informações não confidenciais da Receita Federal do Brasil , oferecendo aquelas que são necessáriapara o sistema sem que haja custos .

Ela é disponibilizada para órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, conforme a Portaria RFB 1.384/2016. Ao enviar o número dCPF, a API – interface de integração de dados – retorna os dados essenciais do contribuinte , que incluem nome, data de nascimento e situação cadastral . Essa ferramenta facilita o acesso a informações relevantes de forma ágil, eficiente e econômica.

Além dessa economia imediata, há uma expectativa de que outros sistemas do MGI adotem a CPF Light por isso já solicitaram a utilização dessa ferramenta. Além dissoeconomia poderá ser potencializada com a expansão do uso do SCDP para estados e municípios .

A utilização do CPF pelo SCDP é fundamental no momento de cadastrar uma viagem oficial, sendo especialmente importante para servidores de outras esferas de poder e colaboradores eventuais, cujos dados não estão disponíveis no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape).

Por Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!